Porquê um prémio africano do jornalismo em educação ?

A Associação para o Desenvolvimento da Educação em África (ADEA) e seu Grupo de Trabalho sobre a Comunicação para a Educação e o Desenvolvimento (GTCOMED) estão convencidos de que um dos meios eficazes para apoiar o desenvolvimento de uma educação de qualidade é promover a comunicação sobre este tema. Ao instituir um prémio que recompensa os melhores artigos sobre a educação publicados na imprensa africana, a ADEA visa promover uma comunicação sobre a educação de qualidade, assim como o interesse e a especialização dos média que cobrem a educação em África.
O prémio recompensa os melhores artigos sobre educação escrito por jornalistas africanos e publicados na imprensa africana. O prémio é atribuído apenas à imprensa escrita.
O concurso é gerido pelo Secretariado da ADEA, que o organiza juntamente com o Grupo de  Trabalho sobre a Comunicação para a Educação e o Desenvolvimento (GTCOMED), cujo objectivo é promover a utilização da comunicação em prol da educação em África.

Através desse concurso, os seguintes objectivos específicos serão buscados:

  • Encorajar jornalistas africanos a redigir e publicar na imprensa africana artigos fiáveis e inteligentes sobre a educação de qualidade.
  • Incentivar organismos da imprensa africana a abrir em suas páginas rubricas sobre educação.
  • Estimular o desenvolvimento de uma rede de jornalistas africanos especializados na cobertura de assuntos que versam sobre a educação.
  • Reforçar os laços da ADEA com os média africanos, parceiros privilegiados na promoção da educação e na troca de informações sobre a educação em África.

   Quem pode participar?

Pode concorrer qualquer jornalista africano autor de um artigo sobre a educação em África escrito em inglês, francês ou português e publicado num jornal africano (um diário, semanário ou outro periódico). Para a 6a edição do Prémio, os artigos enviados deverão ter sido publicados após 1 de Janeiro de 2010.

   Quantos artigos serão recompensados?

A cada edição, são recompensados dois artigos em inglês, dois artigos em francês e dois artigos em português.

   Qual é a recompensa?

  • Uma soma de 4.000 euros será entregue aos vencedores do 1o prémio em cada categoria linguística. Os vencedores do 2o prémio receberão uma soma de 2.000 euros. 
  • Os laureados assim como os seus chefes de redacção serão convidados a participar em uma viagem de estudos cujo intuito será o seu enriquecimento profissional na área do jornalismo em educação.

   Como é feita a selecção dos artigos?

A selecção dos artigos é feita por um júri composto por especialistas em educação e por jornalistas experientes. Todos deverão ter um conhecimento profundo sobre a África e sobre questões de educação no continente. Na selecção, serão considerados os seguintes elementos:

  • A pertinência do assunto tratado;
  • A objectividade jornalística e o rigor na análise do tema;
  • A qualidade redactorial;
  • A originalidade do artigo.
  Como participar do concurso?

Os jornalistas que queiram participar do concurso devem consultar a rubrica "Envie seus artigos".

 
 

  Secrétariat de l'ADEA
Banque africaine de développement (BAD), Agence temporaire de relocalisation (ATR)
13 avenue du Ghana - BP 323 - 1002 Tunis Belvédère - Tunisie
Tél. : +216 71 10 39 86
Fax: +216/ 71 25 26 69
Mél : [email protected]